Breadcrumbs



Ervas, Cascas & Raízes

 

 

Água Florida do Cerrado

Esta Água Florida é feita exclusivamente com plantas nativas ao redor de Alto Paraíso, no Brasil e é preparada de acordo com o ciclos da Lua. O resultado é esta maravilhosa poção para uso externo que ajuda a clarear as visões, traz foco e proteção. 

 

20 R$

Água Florida “Amazonia”

Esta Água Florida é feita a partir de plantas que ocorrem na região amazônica. É preparada de acordo com os ciclos da lua e o resultado é esta maravilhosa poção para uso externo, que ajuda a clarear as visões, traz foco e proteção.

 

20 R$

Bobinsana (Calliandra angustifolia)

Bobinsana é uma espécie de hábito arbóreo-arbustivo que atinge de 4 a 6 metros de altura e é geralmente encontrada nas margens de rios e córregos na Bacia Amazônica. É nativa da América do Sul e ocorre nas regiões amazônicas do Peru, Equador, Colômbia, Brasil e Bolívia. Na Amzônia, Os indígenas do Rio Pastaza consideram a bobinsana como estimulante.  Eles preparam uma decocção a partir de suas raízes para trazer força e  energia. Os índios Shipibo-Conibo na área peruana de Ucayali chamam esta árvore de semein e preparam uma tintura de cascas para reumatismo, artrite, resfriados, disordens uterinas e edemas (retenção de líquidos). Enquanto bobinsana não é por si só um alucinógeno, é considerada uma “planta mestre” e é as vezes adicionada a fórmulas de preparo da ayahuasca para auxiliar xamãs a conectarem-se e aprenderem com plantas em um nível espiritual.

 

50g/15 R$

Catuaba (Erythroxylum Catuaba)

Erythroxylum catuaba é uma espécie de crescimento vigoroso, uma árvore de pequeno porte  que produz flores amareladas e alaranjadas e frutos amarelo-escuro, de forma oval e não comestíveis. Cresce no norte do Brasil; na Amazônia, Pará, Pernambuco, Bahia, Maranhão e Alagoas. Esta árvore de catuaba pertence a família  Erythroxylaceae, o principal gênero, Erythroxylum, contém diversas espécies que são fontes de cocaína. Catuaba, no entanto, não contém nenhum dos alcalóides ativos da cocaína. Catuaba tem uma longa história de uso na fitoterapia como afrodisíaco. Os índios Tupi no Brasil descobriram primeiro as qualidades afrodisíacas desta planta e ao longo dos últimos séculos eles comporam muitas músicas adorando suas qualidades e capacidades. Indígenas e locais têm utilizado a catuaba por gerações. É a mais famosa de todas as plantas afrodisíacas do Brasil. 

 

100g/8 R$

Chacrona (Psychotria viridis)

Chacrona é o acompanhante mais comum da Banisteropsis caapi no preparo da Ayahuasca, uma medicina sagrada usada há milênios no intuito de entrar no mundo sobrenatural e sagrado, para cura e adoração. Partes do cipó  Banisteropsis caapi são fervidas com folhas da Chacrona.

 

50g/25 R$

100g/40 R$

Chaliponga (Diplopterys cabrerana)

Diplopterys cabrerana é uma trepadeira das regiões troicais da América do Sul. Essa trepadeira se parece a Banisteriopsis caapi e é bastante utilizada por xamãs na Amazônia equatoriana e nas partes ocidentais da Colômbia, enquanto que no Brasil e Peru Psychotria virdis é preferencialmente utilizada  no preparo da bebida. As folhas de Diplopterys são conhecidas como Chagropanga ou Chaliponga e são comumente utilizadas como um aditivo no preparo da Ayahuasca. O chá feito com Diplopterys é geralmente conhecido como Oco-yage (água-yage). Os Sionas, por exemplo, usam esta espécie para “elevar as visões”, para ajudá-los a focalizar e prolongar a experiência.

 

50g/30 R$

100g/50 R$

Chaga (Inonotus obliquus)

Existem mais de cem espécies de cogumelos medicinais diferentes que inibem o crescimento de diferentes tipos de tumores, especialmente câncer de estômago, esôfago e pulmões, mas Chaga é o mais especial de todos. Esse cogumelo normalmente cresce no norte em três tipos de árvores: vidoeiro, amieiro e faia. Mas para o uso medicinal só a Chaga que cresce em vidoeiro pode ser utilizada. Diferente da maioria dos cogumelos, Chaga é um fungo políporo, ou seja, possui poros ao invés de lâminas. Ele é preto, irregular, craquelado, cresce nos troncos das árvores e é na maioria das vezes estéril. Ele não é cultivado, mas sim colhido na natureza.

Chaga é um fungo parasita que obtém seus nutrientes de árvores vivas, ao invés de extraí-los do  solo. Os fungos digerem alimentos fora de seus corpos ao soltar enzimas no espaço a sua volta, quebrando a matéria orgânica a uma forma na qual o fungo possa absorver. Estudos  sobre a Chaga têm demonstrado um comportamento parecido com esse na sua reação com o câncer. As pesquisas científicas sobre os efeitos da Chaga são centradas no seu uso tradicional. As propriedades anti-cancerígenas da Betulina ou Ácido Betulínico, um químico extraído da casca do vidoeiro, estão sendo atualmente estudados para uso em quimioterapia. Chaga contém grandes quantidades de acido betulinico numa forma que pode ser ingerido oralmente e contém o espectro completo de fitoquimicos que estimulam o sistema imunológico.

Uso: Pegue alguns pedaços de Chaga e deixe de molho por 4-5 horas em água fria. Retire e separe a água. Corte o cogumelo em pedaços pequenos ou em pó. Depois adicione água morna (até 50°!) na proporção de 1/6 de Chaga por 5/6 de água e deixe descansar por 48h. Escorra e então adicione o líquido (aquele que foi previamente separado) ao chá. O chá deverá ser guardado em local fresco por no máximo 4 dias e deve ser ingerido 30 min antes das refeições. A dose recomendada é de 0,25 l.

A nossa Chaga vem da Noruega, coletada em 2011.

 

10g/10 R$

100g/90 R$

Cedro (Libocedrus descurrens)

O cedro é geralmente utilizado em tendas de suor. Alguns pedaços são lançados sobre a brasa, imediatamente formando faíscas de um brilho amarelo e liberando seu aroma. Alguns dizem que a fumaça do cedro queimado atrai bons espíritos e elimina energias negativas. Nosso cedro vem do Oregon.

 

Grande 30R$

Damiana (Turnera aphrodisiaca)

As folhas da Damiana são colhidas da planta Turnera aphrodisiaca, um pequeno arbusto nativo do México. Além de ser utilizada na produção popular de licor mexicano chamado de Damiana, essa erva também tem um histórico de ser utilizada como afrodisíaca, supostamente capaz de estimular a libido de homens e mulheres.

Também é reconhecida como uma importante medicina tradicional do México.  Damiana ajuda a fortalecer o corpo, contribue para o bem-estar físico e mantém a energia alerta. Pode ser tomada como um chá ou ser fumada como um cigarro  adicionando-se outras ervas.

 

150g/20 R$

Erva dos Sonhos (Calea zacatechichi)

Calea Zacatechichi é uma planta utilizada pelas tribos Chiapas e Chontal do México para obter mensagens divinatórias durante os sonhos. Os Chontal, que acreditam em visões nos sonhos, tomam o chá da Calea Zacatechichi com folhas secas e/ou fumam cigarros com as folhas antes de dormir. Os xamans Chontal chamam a Calea Zacatechichi “thepelakano” ou “folha de deus”.

 

10g/10R$

50g/40R$

Feijão da praia (Canavalia maritima)

Canavalia maritima é comumente conhecida como  Bay Bean e pertence a família das fabáceas. Essa bela planta de flores rosas cresce melhor sob condições de climas subtropicais e tropicais. Assim como muitas outras plantas tropicais, esta planta prefere areas ensoloradas e solos ligeiramente úmidos. Ela cresce inclusive em terrenos difíceis como praias, costões ou falésias e por essa razão é também conhecida como Bay Bean, Beach Bean. Até mesmo algumas sociedades, no início da história da humanidade, consagraram esta planta e a utilizaram em cerimônias fúnebres de pessoas amadas. Sementes intactas foram encontradas em muitos túmulos ao redor de Oaxaca e Yucatan no México e Peru datadas de 300 anos a.c. Hoje em dia a Canavalia maritima é muito popular entre os habitantes da Costa do Golfo até o México. Foi descrito que suas substâncias psicoativas são muito semelhantes às da maconha e são muitas vezes utilizadas como substituto. 

 

Feijão da praia extrato 25x

1g/15 R$

5g/70 R$

Iboga Casca da Raiz (Tabernanthe iboga)

Tabernanthe Iboga é um arbusto nativo das florestas do oeste da África Central. Tem um longo histórico de uso ritualístico por muitas tribos indígenas que vivem dentro e nas redondezas da província de Gabon na África Central, incluindo Babongo, Mitsogo e Fang. Para eles a Iboga ocupa o papel principal nas suas práticas religiosas. Iboga é importante especialmente nos ritos de iniciação para a religião Bwiti, no qual acresita-se que ela permite o iniciado a viajar para a terra dos mortos, aprender sobre vidas passadas, problemas futuros e ter a visão do verdadeiro ser. A planta é considerada sagrada pelos membros do Bwiti e alguns dizem que Iboga é a Árvora do Conhecimento tradicional da Bíblia.

Nossa Iboga é colhida eticamente das antigas árvores em Camarão, África.

 

1g/15 R$

15g/200 R$

Jagube (Banisteropsis caapi) * Fora do estoque

O jagube é uma trepadeira pertencente à família das malpighiáceas e é encontrada na Amazônia peruana, equatoriana, colombiana, boliviana e brasileira e também em algumas porções da Bacia do R’Orinoco. É empregado ao longo da bacia amazônica no tratamento de doenças e para o acesso ao mundo mítico e visionário, o qual provê revelações, bençãos, curas e segurança ontológica. Banisteropsis caapi constitui o ingrediente básico da Ayahuasca, na qual é combinado com outras plantas como a Psychotria virdis (Chacrona) ou Diplopterys cabrerana (chagropanga, chaliponga, oco-yage).

 

Vermelho / Amarelo

Intera / Em pó

Kanna (Sceletium tortuosum)

Sceletium tortuosum é uma erva suculenta nativa da costa Leste e Oeste da África do Sul. Tradicionalmente a planta é seca e mastigada após a fermentação, mas também pode ser preparada como chá ou tintura. Em um caso pouco conhecido, há relatos  de que a Sceletium tortuosum era aspirada ou fumada com a adição de outras ervas.

Os efeitos da Kanna incluem a elevação do humor e ajudam a curar a ansiedade, stress e tensão. Também é utilizada como inibidora de apetite pelos pastores que caminham longas distâncias em regiões áridas. Em doses intoxicantes pode causar euforia, inicialmente com estimulação e depois com sedação.

O uso continuado da Kanna seguido por abstinência dela não nos mostra sinais de vícios ou sintomas de abstinência. A planta não é alucinógena e nenhum efeito adverso foi documentado.

 

5g/10R$

50g/90R$

Kava Kava (Piper Methysticum)

Kava Kava tem sido utilizada como uma bebida cerimonial nas Ilhas do Pacífico há séculos. Efeitos similares aos de bebidas alcóolicas já foram relatados. A raíz é mascada ou moída até formar uma polpa com adição de água. A fermentação espessa, a qual tem sido comparada ao equivalente social do vinho na França é oferecida a visitas e dignitários que visitam as Ilhas do Pacífico. Além de seu usos cerimoniais, kava é mais conhecida por seus efeitos relaxantes. Alguns dizem que a Kava eleva o humor, bem estar e contentamento e produz uma sensação de relaxamento. Muitos estudos têm demonstrado que a kava pode ser útil no tratamento da ansiedade, insônia e distúrbios nervosos relacionados.

 

100g/25 R$

Lotus Azul Flores (Nymphea coerules)

A flor-de-lótus azul é encontrada nas margens do Rio Nilo no Egit, mas também como poderosos símbolo nas antigas mitologias egípcias. Devido as características atípicas da flor, sua abertura na manhã e seu fechamento ao anoitecer, eles acreditaram que a flor-de-lótus continha a chave para criação do universo. Os efeitos da Lótus Azul são tipicamente amenos sendo por isso muito popular entre iniciantes. Lótus Azul não é de forma alguma viciante e é uma maneira econômica de preparar seu humor para um fim de semana relaxado. 

 

Flores:

25g/25 R$

Lótus Azul extrato 25x:

1g/15 R$

5g/70 R$

Lótus Sagrado Flores (Nelumbo nucifera)

O Lótus Sagrado é uma das flores mais celebradas do mundo. As flores de lótus,suas vagens ou pétalas são mais comumente usadas, enquanto que seus estames são reconhecidos como a parte mais potente da planta. Nelumbo nucifera pode ser fumada ou bebida na forma de chá. “Os efeitos parecem ser primeiramente cerebrais, mas são bastante visíveis e muito agradáveis. Há um sentimento de alegria que preenche todo o corpo, emanando de cada célula. É deliciosamente maravilhoso e dura por algum tempo.” Apesar de pouco conhecido no mundo e difícil de obter, O Lótus Sagrado não é viciante, não é tóxico e é tido como “relativamente seguro por uso a longo prazo”, sem nenhum efeito colateral conhecido.

 

Flores: 

25g / 25 R$

Lotus Sagrado extrato 25x:

1g/15 R$

5g/70 R$

Maca (Lepidium peruvianum)

Maca é uma planta perene cultivada nos em grandes altitudes nas montanhas andinas, em torno de 8000 a 14.500 pés de altitude. Esta espécie apresenta grande tolerância ao gelo, uma  das maiores em relação às plantas cultivadas. Maca possui um crescimento lento, sistema caulinar do tipo tapete, o qual pode ocorrer sem ser notado numa propriedade. Suas folhas recortadas estendem-se próximas ao chão e produzem flores brancas, pequenas, auto-férteis típicas da família da mostarda, a qual ela pertence. A parte utilizada é a raíz tuberosa, a qual assemelha-se a um grande rabanete (mais de 8cm de diâmetro) o qual é geralmente de cor esbranquiçada a amarela. Os nativos peruanos tradicionalmente têm utilizado a Maca desde os tempos  pré-incas tanto para alimentação quanto para fins medicinais. Possui um importante papel na dieta dessas pessoas devido ao fato de possuir um dos mais altos índices nutricionais de todas os cultivares que crescem lá. É rica em açúcares, proteína, amido e mutrientes essenciais (principalmente iodo e ferro). O tubérculo ou raíz é consumido fresco ou seco. As raízes frescas são consideradas como tratamento e são cozidas ou assadas em cinzas (da mesma forma que a batata-doce). Na medicina herbal peruana atualmente a maca tem sido utilizada como imunoestimulante, para anemia, tuberculose, distúrbios menstruais, sintomas da menopausa, câncer de estômago, esterilidade (e outras distúrbios de ordem sexual ou reprodutiva) e para melhorar a memória.

 

100g/20 R$

250g/40 R$

Mapacho

Mapacho é um tabaco negro native do Peru, enrolado em cigarros sem filtros e usado em cerimônias para limpar o campo energético, proteção e  oração.

 

20pc/5 R$

Noz de Cola (Cola Nitida)

A Noz de Cola é uma noz que provém de árvores perenes do gênero Cola, principalmente das espécies Cola acuminata e Cola nitida. A Noz de Cola possui um gosto amargo e contém cafeína. É mascada em muitas culturas da África Ocidental, indicidualmente ou em grupo. É geralmente utilizada de forma cerimonial, apresentado a chefes de tribos ou convidaddos. É preferida entre muçulmanos africanos, os quais são proibidos de beber álcool. O ato de mascar noz de cola  pode aliviar a fome. A noz de cola é geralmente usada no tratamento da tosse convulsa e da asma.

 

100g/10 R$

Palo Santo (Burserea arborea)

Palo Santo, “Madeira sagrada” ou “Árvore sagrada” é uma madeira naturalmente aromática utilizada há séculos pelos Incas como remédio espiritual para purificar, limpar e liberar espíritos malignos, infortúnio e calamidades. A queima do Palo Santo ajuda a criar uma atmosfera geral de paz e purificadora. Possui uma incrível fragância calmante, tranquilizante com uma energia poderosa. Palo Santo é extraído sob supervisão do governo pelos povos natives da região amazônica da América do Sul. São árvores protegidas com mais de mil anos de idade, das quais os galhos caídos são coletados do chão e considerados sagrados pelas tribos indígenas por gerações.

 

100g/ 20 R$

Papoula espinhosa (Argemona mexicana)

Papoula espinhosa ou Argemone Mexicana é nativa do México e Sul dos EUA. Pertence à família Papaveraceae e cresce pronta e rapidamente a partir da semente. As folhas e sementes da Papoula espinhosa são cobertas de espinhos mas as flores brancas de centro amarelo florescem delicadamente. As propriedades da Papoula espinhosa tem sido utilizadas tanto para fins medicinais quanto recreativos. Tem sido empregada na cura de muitas enfermidades incluindo febre,inflamações, câncer e verrugas. A Papoula espinhosa é utilizada até mesmo como anestésico para cirurgias. Foi originalmente usada pelos nativos mexicanos e norte-americanos como emplastro devido ao látex produzido pelas sementes, o qual possui propriedades narcóticas. Os nativos também fumam  as folhas e pétalas para induzir um efeito de sedativo eufórico. Atualmente, as qualidades purgativas do exsudado trata verrugas, feridas e manchas e o efeito expectorante das pétalas das flores é usado no tratamento  da tosse e congestão no peito. A Papoula espinhosa contém muitas alcalóides similares a outras plantas psicoativas, mas sem propriedades alucinógenas. Os componentes químicos da Papoula espinhosa inluem propopina, berberina e muitas isoquinolinas. Quando fumada, a Papoula espinhosa deprime levemente o sistema nervoso aliviando a dor e produzindo estados eufóricos. Normalmente um cigarro da Papoula espinhosa seca é suficiente para produzir um efeito eufórico que dura 30 minutos. Este efeito é semelhante ao da cannabis. Nenhum efeito colateral foi relatado para o uso da Papoula espinhosa e a probabilidade de dependência é baixa.

 

Latex:

1g/10 R$

10g/90R$

Piri-Piri (Cyperus articulatus)

Piri-Piri é um tipo de gramínea tropical semelhante ao junco também chamada “tiririca”. Pode atingir 6 pés de altura  e cresce em áreas úmidas, pantanosas ou inundadas nas margens de rios ou córregos (onde ela pode atuar no controle da erosão) na Bacia Amazônica. As tribos indígenas amazônicas atribuem propriedades mágicas ao Piri-Piri. Suas altas hastes e/ou rizomas são secos e moídos ou preprados na forma de chá u utilizados como amuletos ou como poção do amor (chamade de pusanga). As mulheres cultivam a planta e banham as crianças com ela para prevenir doenças ou injúrias e a dão para seus maridos para trazer sorte na caça ou na pesca.

 

50g/15 R$

100g/25 R$

Rabo-de-leão folhas (Leonotis leonorus) 

O rabo-de-leão é altamente valorizado pela tribo Hottentot da África do Sul. É reconhecida por trazer relaxamento e tranquilidade para a mente. A espécie Leonotis leonurus é também utilizada na medicina oriental como euforizante, purgativo e vermífugo. Leonotis leonurus é cmumente chamado de rabo-de-leão devido a aparência de suas inflorescências que crescem nas partes terminais da planta.

 

Rabo-de-leão flores:

25g / 25 R$

Rabo-de-leão resin extract 50x

1g / 10 R$

Raiz dos Sonhos africana (Silene Capensis)

Silene capensis é uma espécie nativa dos vales dos rios da província do Cabo Oriental da África do Sul. Essa obscura angiosperma é considerada pelos xamãs locais como um tipo de "Ubulawu" ou ra´zi medicinal que eles chamam de "Undlela Ziimhlophe", o que pode ser traduzido como literalmente como “Caminhos brancos”. Silene capensis tem sido utilizada por médiuns Xhosa da América do Sul por séculos. Eles moem a raíz para preparar uma espuma branca espessa, a qual os novatos consumem de estômago vazio para melhorar o sonho lúcido. Novatos a consomem até sentirem seus estômagos cheios, lavando-se com os resíduos remanescentes durante um período de três dias na lua cheia. Um médium masca um pequeno pedaço da raíz, o qual possui um gosto e odor pungente e cospe no umbral para atrair clientes. Médiuns e novatos que a ingerem regularmente exalam um odor almiscarado perfumado, não diferente do da flor que é atrativo e até mesmo levemente hipnótico principalmente quando eles transpiram depois de realizarem qualquer atividade vigorosa, como dançar ou fazem incursões em busca de medicamentos.

 

5g/15 R$

Rapé 

O Rapé é feito a partir de muitas plantas e cinzas e geralmente é soprado da boca de uma pessoa para o nariz de outra com um pipe (aplicador), ambas as narinas recebem a mesma quantidade. Este Rapé vem do estado do Acre, no Brasil, na fronteira com o Perú. Nos o trocamos como as tribos e estamos muito satisfeitos de poder oferecer esses produtos etnobotânicos tão raros.

 

Apurina (verde) : pq R$ 50,00 
Huni Kuin : pq R$ 25,00 / gr R$ 40,00
Katukina : pq R$ 35,00 / gr R$ 60,00
Kuntanawa : 
 pq R$ 25,00 / gr R$ 40,00
Nukini :
 pq R$ 25,00 / gr R$ 40,00
Yawanawa :
 pq R$ 25,00 / gr R$ 40,00

Rubim (Leonurus sibiricus)

Leonurus sibiricus é também conhecido como erva-mãe siberiana e pequena marijuana. Esse arbusto que atinge 1-2 metros tem sido utilizado na medicina tradicional asiática há séculos por seus efeitos relaxantes e calmantes. É conhecido por ajudar em problemas de potência, menstruação e contusões. Na América do Sul e no México a erva foi apelidada de "Marihuanilla" (pequena marijuana). Misturada com uma mistura de ervas ou usada de forma isolada é tida como um intoxicante suave. Leonurus sibiricus é mais utilizado por seus efeitos relaxantes e por seu gosto prazeroso e suave. Foi confirmado que esta planta contém alcalóides como a Leonurina. 

 

Rubim extrato 25x

1g/10R$

5g/45R$

Sangue de Dragão (Croton Lechleri)

Sangue de Dragão é uma árvore média a grande que atinge de 10-20m de altura nas regiões altas da amazônia peruana, equatoriana e colombiana. Apesar de alta, o tronco  geralmente possui menos de 30cm de diâmetro e coberto por uma casca lisa e manchada. Possui folhas grandes, cordadas, de cor verde clara e flores únicas verde esbranquiçadas distribuídas em longas inflorescências.  Seu nome peruano sangre de grado significa “sangue de dragão” (em espanhol). No Equador é conhecida como “sangre de drago” (o que siginifica também sangue de dragão). Quando o caule da árvore é cortado ou lesionado, uma resina viçosa de cor vermelho escura escorre como se a árvore estivesse sangrando -  o que lhe confere o nome local. A seiva ou látex ( e também a casca) de sangue de dragão possuem uma longa história de usos por indígenas na floresta amazônica. Por séculos, a seiva tem sido pintada em feridas  para estancar o sangramento, para acelerar a cura e para sarar e proteger lesões contra infecção. A seiva seca rapidamente e forma uma barreira, muito semelhante a uma “segunda pele”. Ë usado externamente por tribos indígenas e populações locais do Perú para feridas, fraturas, hemorróidas,  internamente para úlceras estomacais e intestinais e como banho para corrimento vaginal. Outros usos tradicionais incluem tratamento de febres intestinais e gengivas inflamadas ou infeccionadas, em banhos vaginais (antes ou depois do parto) e tamém pra problemas de pele. 

 

20ml/20 R$

30ml/30 R$

São Pedro (Trichocereus pachanoi)

Esse é um cactus rico em alcalóides que são similares  aos do Peyote. É um poderoso enteógeno utilizado por xamãns e homens de medicina nos Andes para buscas espirituais. Eles utilizam esse cacto no Perú da mesma forma que os nativos americanos do norte usam Peyote. Tradicionalmente é preparado como pó para comer ou cozido da mesma forma que a Ayahuasca, fervendo e concentrando a medicina. Nosso cactus é coletado eticamente no Perú e preparado de maneira tradicional. Primeiramente ele é desespinhado e depois a pele e a carne são separados do resto e colocadas para secar. Apenas a parte externa verde é utilizada.

 

20g/35 R$

Sinicuiche (Heimia salicifolia)

Heimia salicifolia é o principio ativo da bedida fermentada “sinicuiche”, que é preparada por mexicanos deixando as folhas e gravetos de molho em água por algumas horas. Em seguida, a água e o suco são prensados em um pote e este é deixado ao sol por alguns dias para fermentar. O resultado é uma bebida gostosa, intoxicante que traz visões amarelas e euforia.

Na medicina tradicional essa erva é conhecida como curadora e tônica, sendo utilizada para trazer fertilidade e em questões ginecológicas, e também para problemas intestinais e da pele.

Nossa Heimia salicifolia é da Argentina, coletada em 2011.

 

15g/10 R$

50g/30 R$

Sálvia Branca (Salvia apiana)

A sálvia branca é uma sálvia de folha branca que é valorizada pelas propriedades de seu rico aroma. A sálvia é  uma das ervas mais sagradas entre os povos indígenas da América do Norte. A queima da sálvia é utilizada em rituais de limpeza energética conhecidos como purificações, o que em teoria significa que a fumaça iria se ligar à energia negativa do local e limpá-la até que ela se transforme em energia positiva. Nossa sálvia vem da montanhas da costa da Califórnia.

 

Salvia branca folhas:

100g/25 R$

Salvia branca embrulho:

grande/30 R$ -  peq/15 R$

Unha de gato (Uncaria Tomentosa)

Unha de gato é uma trepadeira lenhosa grande, seu nome vem do aspecto de gancho que seus espinhos apresentam, os quais crescem ao longo da planta e assemelam-se a unhas de gato. Unha de gato é nativa do Amazônia e outras áreas tropicais da América do Sul e Central, incluindo Perú, Colômbia, Equador, Guiana, Trinidade, Venezuela, Suriname, Costa Rica, Guatemala e Panama. Esta espécie tem sido utilizada de forma medicinal pelos Aguaruna, Asháninka, Cashibo, Conibo e tribos Shipibo do Perú por pelo menos 2000 anos.  A tribo Asháninka na região central do Perú tem o mais antigo registro de uso desta planta. Eles também são também a maior fonte comercial de unha-de-gato do Perú atualmente. A tribo Asháninka utiliza a unha-de-gato para o tratamento de asma, inflamações no trato urinário, artritem reumatismo e dores nos ossos, para auxiliar na recuperão pós-parto, como depurador para os rins, para curar feridas, controlar inflamações e úlveras gástricas e também no tratamento de cancêr.

 

50g/8 R$

100g /15 R$

Yohimbe (Pausinystalia yohimbe)

Yohimbe é uma árvore perene da África oriental que pode atingir até 30m. A casca dessa árvore é usada como um afrodisíaco altamente eficaz e o alcalóide extraído Ioimbina é usado em muitos viagras disponíveis no mundo.

 

20g/25 R$

 

Design: Ricardo Martini - Logo: Rafael Pessoa - Artwork: Michael Garfield ©